Revoltado, Datena cogita participação de Suzane von Richthofen no BBB

José Luis Datena, apresentador do Brasil Urgente (Band TV), noticiou nesta quinta-feira (12) que o Ministério Público recorrerá da soltura de Suzane von Richthofen concedida ontem (11). Ao fazer comentários sobre o assunto no programa policial, Datena vibrou com a atitude do MP e declarou que, caso isso não aconteça, a jovem condenada pela morte dos pais pode virar influenciadora, entrar para o Big Brother Brasil (TV Globo) ou até participar de A Fazenda (Record TV), temendo que isso aconteça.

Hoje, Datena voltou a comentar que Suzane von Richthofen é um péssimo exemplo para a sociedade e informou que o Ministério Público recorreu e está pedindo exame psicológico da jovem condenada por matar os pais, Manfred e Marísia, no início dos anos 2000. ‘‘Ela tem tudo para ser uma psicopata. Ela mandou matar o pai e mãe, não sei se essa moça pode voltar a conviver em sociedade. Ela tinha mais 20 anos de pena para cumrimir’’, iniciou o apresentador do BU.

Datena relembrou o crime e a tragédia que Suzane Richthofen acusou na família ao cometer o crime e soltou o verbo. ‘‘E não pode progredir de pena quem manda matar o pai e a mãe, e vai chorar no enterro e depois admite que é por causa de herança, na verdade. Acabou com a vida do irmão. Então, tem que passar por um novo exame criminológico mesmo’’, disparou ele, que no dia anterior tinha ficado revoltado com a soltura da criminosa.

Adiante, Datena ressaltou que Suzane tem que passar por um psiquiatra florence e cogitou a possibilidade dela querer participar dos principais realitys show da televisão brasileira. ‘‘De um psiquiatra Florence que diga ‘essa moça pode sair’, se não daqui a pouco essa moça vira influenciadora, vai disputar Big Brother, a Fazenda, depois de ter mandado matar os pais’’, temeu o apresentador da Band TV.

‘‘Mais covarde ainda é que não foi ela quem matou, mandou matar. E os caras [Daniel, ex-namorado da criminosa, e Christian Cravinhos, cunhado, executores do crime] estão em progressão de pena’’, disparou o titular do telejornal policial. Datena lembrou que Suzane estava em regime semi-aberto, que é quando o preso pode passar o dia na rua e a noite dorme na cadeia, e em seguida lembrou dos ‘perdidos’ que a criminosa deu na justiça.

‘‘Quantas vezes ela descumpriu medida judicial de saidinha temporária? Que ela fazia igual ao Ronaldinho Gaúcho: ela ia para um lado só que dizia que estava em outro’. Não é assim, garrafa [repórter]? Isso não existe, não tem cabimento. Já enganou a justiça várias vezes, péssimo exemplo para a sociedade. Saia no dia dos pais e no dia das mães. Essa mulher deveria estar presa, colocada no fundo da jaula e jogar a chave fora até ela cumprir os 40 anos de prisão, pelo menos os 39 anos de prisão que ela pegou. Não devia progredir de pena’’, declarou ele.

Datena foi além, alterou a voz e mandou um recado para as autoridades brasileiras. ‘‘Senhores deputados e senadores, acabem com a progressão de pena para crimes hediondos como essa canalha cometeu’’, finalizou o comunicador.

Author

Share