Marina Ferrari bate boca com seguidora

A empresária e influencer alagoana Marina Ferrari ficou em evidência nas redes sociais em 2010, quando tinha 17 anos com dicas de maquiagem e penteados no Youtube. Com isso, não demorou para que a alagoana ganhasse fama e criasse sua própria marca de maquiagens e biquínis e um salão de beleza na capital. Já participou do reality show A Fazenda 13, ficando no quarto lugar e foi considerada por muitos telespectadores como “planta”, mesmo tendo se envolvido em alguns atritos dentro do programa.

Na fazenda, a ex-peoa discutiu com Rico Melquiades, acusando o campeão da edição de espalhar boatos falsos de que ela seria rica. Também se envolveu em discussão com Solange Gomes e se irritando disse para ela: “Quero que tu chegue como eu na minha idade, passando todas as dificuldades que eu passei na vida. Com dinheiro é mole. Com dinheiro é fácil, minha amiga, eu quero é ver sem”.

Atualmente, Marina Ferrari é musa da escola de samba Imperatriz Leopoldinense. Ela abriu uma caixinha de perguntas em seu Instagram para responder seus seguidores e dentro de uma das perguntas, uma seguidora alfinetou dizendo que ela está muito “dura”, se referindo a falta de gingado e dizendo que ela não liga para melhorar.

Marina retrucou a critica, dizendo: “Não é que eu não esteja nem aí, estou sim muito preocupada, ansiosa, nervosa e com medo, mas que não posso fazer muita coisa, porque não tem como mudar a a estrutura do próprio corpo.” Ela diz que exigir essa habilidade dela é o mesmo que pedir para uma passista de 30 anos de profissão fazer uma maquiagem igual ela faz sendo que a passista não teria o costume de maquiar, por exemplo.

A musa ainda pontua que cada um nasce com suas habilidades e que o importante é se dedicar, assim como ela tá fazendo aula dando o melhor de si assim como tudo que se propõe a fazer na vida finalizando o vídeo falando que está realizando um sonho e não está nem aí para as críticas e sim para o comprometimento dela com a escola de samba com a energia do carnaval e está muito feliz.

O samba enredo da Imperatriz Leopoldinense é uma obra criada pelos compositores Me Leva, Gabriel Coelho, Miguel da Imperatriz, Luiz Brinquinho, Antonio Crescente e Renne Barbosa, com enredo o O aperreio do cabra que o excomungado tratou com má-querença e o santíssimo não deu guarida, do carnavalesco Leandro Vieira.

Author

Share