Entenda todas as novidades do BBB 23

Enquanto a casa de vidro dá um gostinho do BBB 23 para os fãs do reality, antes mesmo da estreia, mais novidades estão reservadas para a partir desta segunda-feira, dia 16. Impactando a dinâmica, duas surpresas estão prontas para mexer com o jogo dos confinados da edição que vai pagar o maior prêmio da história do programa. 

Poder Coringa

Uma espécie de “card do poder”, dá vantagem a um jogador toda semana. Forte candidato a se tornar um dos trunfos mais disputados da temporada, o recurso tem tudo para apimentar a corrida pelo primeiro lugar. Funciona como um leilão: antes das compras, um benefício ou jogada diferente no BBB 23 aparece à disposição dos confinados. São várias as possibilidades, mas apenas um participante pode usufruir do poder.

Dentro do confessionário, cada confinado determina quantas estalecas – poucas, muitas, todas? – está disposto a pagar para arrematar o privilégio. Ao final dos lances, o resultado é divulgado para todos. Na estratégia, vale de tudo: corrida para ver quem entra antes no confessionário, blefe sobre ter dado mais ou menos estalecas, segredo sobre o lance… Resta saber até onde os participantes vão em busca do poder. 

Novo poder do Líder

Já para a posição mais privilegiada do BBB um upgrade e tanto. Este ano, o líder da semana tem à disposição os privilégios já conhecidos pelo público – dorme em um aposento exclusivo, define quem é Vip e quem é Xepa, indica alguém direto ao paredão, fica imune aos votos da casa e tem uma festa em sua homenagem – e uma pitada a mais de mordomia.

Em seu quarto, também se encontra uma grande central de controle. Nela, o todo-poderoso pode acessar, de maneira limitada e pré-determinada, diversos comandos que possibilitam uma visão privilegiada do jogo. Dentre eles, assistir ao que acontece no restante da casa com áudio; descobrir o total de votos que recebeu até então; e a possibilidade de despertar os participantes na hora que desejar. Entretanto, as funções têm limite de acesso.

Dentro do confessionário, cada confinado determina quantas estalecas – poucas, muitas, todas? – está disposto a pagar para arrematar o privilégio. Ao final dos lances, o resultado é divulgado para todos. Na estratégia, vale de tudo: corrida para ver quem entra antes no confessionário, blefe sobre ter dado mais ou menos estalecas, segredo sobre o lance… Resta saber até onde os participantes vão em busca do poder. 

Author

Share