Anitta opina sobre falta de português em suas músicas: “é natural”

Nesta sexta-feira (18), o mais novo projeto de Anitta chegou às plataformas digitais: o clipe de “Casi Casi”. Em um coletiva de imprensa realizada para divulgar a produção, a cantora contou mais sobre os seus últimos lançamentos e sobre a internacionalização da sua música.

Ao ser questionada sobre a falta do português em suas músicas novas, Anitta contou que não liga muito para as críticas e que está focando em uma carreira internacional. “Vai ter música em português [no próximo álbum], já gravei algumas e vou gravar outras essa semana também. Mas tenho planos maiores, quero expandir. Acho que não tenho que lidar com nada. As pessoas têm a opção de curtir ou não, escutar ou não. E eu, de fazer ou não. Para mim, é bem natural, gosto de fazer um pouco de tudo”, comentou, em primeiro lugar.

“Ao mesmo tempo que essas pessoas criticam, quando uma música alcança um grande sucesso em outro idioma, elas ficam chocadas também, ou ficam chocadas com meu reconhecimento internacional. Acho que não dá para ficar escutando todas as opiniões, se não você não faz o que está a fim. Você não faz o que quer se tiver só escutando os outros”, completou, então.

Por fim, a cantora afirmou que o seu mais novo lançamento, o “Funk Generation: A Favela Love Story” é cheio de nuances e subgêneros. Aliás, o objetivo com esse bundle era justamente abraçar a complexidade desse som, trazendo batidão, rave e muito mais para sua música.

Author

Share